, , , , , , ,

Amsterdam Tips

22:10

Sempre desejei conhecer Amsterdam, e como estava em Londres, tirei um final de semana para conhecer a cidade.


Fiquei hospedada no Hotel Mozart. Fica perto do Canal Prinsengracht, gostei bastante e o hotel é muito bem centralizado. Pude conhecer tudo que queria em 2 ou 3 dias, tranquilamente, pois a cidade é bem pequena.

Um dos jeitos mais práticos de se conhecer a cidade é fazendo um tour de barco. Você paga em média 20 libras, e o passeio te dá direito a conhecer os principais pontos turísticos da cidade de ônibus, e depois um passeio pelos canais (que são muitos).
Amsterdam tem mais bicicletas do que carros, as ruas são bem estreitas e há muitas pontes e canais. Os moradores locais optam pela bicicleta ou pelo tram (um tipo de trem misturado com ônius e bonde). O aluguel diário de uma bicicleta gira em torno de 12 euros, e o bilhete diário do tram é 7 euros.

 Uma das atrações mais marcantes de Amsterdam são os tão famosos Coffee Shops, onde o uso de drogas é legalizado, e Red Light District (Bairro da Luz Vermelha, onde há as vitrines com a prostitutas).

 Conseguem ver as prostitutas no vidro?




Como o Red Light District é o lugar onde as prostitutas ficam expostas nas vitrines, não é recomendado fotografar

É muito fácil encontrar guias turísticos na cidade. No hostel eu consegui várias dicas legais, peguei alguns folhetos e fui à procura de passeios turísticos. Tem um muito bacana que acontece duas vezes ao dia em dois grupos (um com guia em espanhol e outro em inglês), e é gratuito. O ponto de encontro foi no Monumento Nacional. O lugar é muito bonito, e o tempo estava ótimo para o inverno.

 
Essa obra de arte homenageia as prostitutas.

 
Vale a pena conhecer um pouco as iguejas com algum guia, porque há muita história a ser contata sobre a construção, sobre a religião preponderante no país e a posição da igreja com relação a liberalidade holandesa.

Uma das últimas paradas foi a Anne Frank Huis. Eu sou muito fã do livro, e adorei conhecer a casa dela, onde ainda tem bastante coisa intacta, como o diário dela e alguns móveis. Pena que não se pode tirar foto.

Demorei para conseguir tirar a foto!Várias pessoas disputando um lugar ao lado dessa plaquinha. No passeio eles sempre contam a história da família que se escondeu por 2 anos no porão de um armazém para fugir do Holocausto, e acabam tocando um pouco na questão dos Direitos Humanos. Interessante!

Você também deve fazer a visita clássica ao Vondel Park, onde você vê pessoas praticando correndo, casais de mãos dadas, crianças brincando, e um pôr do sol indescritível! Um dos meus locais favoritos por lá.

Outro lugar ao qual eu não pude deixar de ir é o I Amsterdam Letters, muito famoso e milhares de pessoas passam por ali para tirar fotos descontraídas entre as letras de 2 metros de altura. Feliz na minha letra!

Fbrica da Heineken. Na visita à fábrica, eles mostram todo o processo de fabricação da cerveja.

Observações: Para viajar, segui mais uma segestão da minha amiga e fui de Eurostar, um sistema de trem aqui da Europa. Saí de Londres às 7h e cheguei em Bruxelas às 9h. Tive direito a vários stops para conhecer qualquer cidade dos países baixos e depois pegar qualquer outro trem para Amsterdam. Na volta foi a mesma coisa. Bruxelas também é incrível. Além da rapidez, conforto e esse plus dos stops em outras cidades, a paisagem que você vê durante o trajeto é maravilhosa. Não hesitem em comprar Eurostar ao invés de passagens de avião!!!


Dicas de museus:
  • Rijksmuseum
  • Van Gogh (must go)
  • Museu do sexo (it's up to you)
  • Madame Tussauds (além de NYC, e London, tb tem em AMS, no idea)
  • Hermitage Amsterdam
  • Rembrant House
  • Diamond Museum
  • Amsterdam Tulip
  • Dutch Press Museum
Atrações:
  • Skinny Bridge
  • Begijnhof
  • Westerkerk
  • Dam Square
  • Roayal Palace
  • Noorderkerk
  • Heineken Experience
  • Artis Zoo
Restaurantes:
  • Nevy 
  • Edel
  • Envy
  • Blauw aan de Wal
  • La Olivia
  • Seven Seas
  • Café Graces
  • Nam Kee
  • Roode Leeuw
  • Tango
  • Upstairs
  • Nomads
  • Pasta e Basta
  • Moeders
  • Samba Kitchen

Você também pode se interessar

0 comentários

Obrigada pelo seu comentário!